Cultura da Impermanência: os preparos e cuidados para sua carreira.

A pandemia chegou como uma transformação de alto impacto. Veja como adaptar sua mentalidade e sua carreira.

Você já reparou como tudo ao seu redor se transforma a todo instante? A natureza muda de estação, as crianças crescem, você aprende algo novo, não gosta mais de algo que amava, o rosto amadurece.


Algumas dessas transformações são gradativas e acontecem de forma gentil. Já outras, chegam sem pedir licença e levam embora a concepção que tínhamos de nós mesmos.


Nas de alto impacto, só há duas opções: enfrentar ou desistir. Nos que permanecem, fica o aprendizado. Do chão não passa e, que nunca saberemos quão fortes somos capazes de ser, até que seja necessário.


No caminho, também descobre-se que ser forte nada tem a ver com resolver tudo sozinho, ou inclusive, ter que permanecer em pé. Reconhecer a necessidade de pedir ajuda é mais corajoso que o orgulho em não querer precisar de alguém – E, do que são feitas as carreiras de sucesso, senão de coragem?


A pandemia chegou como uma dessas transformações de alto impacto. Como um tufão, transformou nossas rotinas, colocou em cheque o modelo de negócio de empresas de diversos setores e nos fez dar valor às relações, como nunca antes.


Quando passamos por desafios como esse, a renovação é tanta que sempre saímos mais fortes, sempre! O que precisamos é parar de resistir às mudanças.


Saúde mental pós-isolamento social

“A saúde mental e o bem-estar de sociedades inteiras foram seriamente impactadas por esta crise e são uma prioridade a ser abordada urgentemente”, relata Devora Kestel – diretora do Departamento de Saúde Mental da Organização Mundial de Saúde (OMS).


Tantas mudanças repentinas e nossas resistências a elas, geraram um grande estresse mental, aflorando sintomas de ansiedade e depressão em milhares de profissionais ao redor do mundo.


Acontece que, o mercado continuará passando por transformações. O retorno às atividades será pautado por reuniões virtuais, álcool gel, máscara e a ausência de abraços. Não será normal, igualmente, para os que permanecem em home office.


Ou seja, para garantir um bom retorno e a retomada da economia, é fundamental que você compreenda que já há algum tempo, mas, principalmente daqui a diante, é necessário adequar-se à Cultura da Impermanência.


Precisamos nos desfazer do controle e da ideia de que apenas em ambientes estáveis é que podemos ser felizes, produtivos e nos manter saudáveis. Chegamos a um ponto da jornada da humanidade onde o linear não existe mais.


Estamos percebendo como somos seres plurais, envoltos de variáveis e o mercado é apenas um reflexo disso. Logo, a adaptabilidade, a empatia e a criatividade devem se tornar habilidades-chave na carreira dos profissionais do futuro.


Desapegar é o segredo do momento. Para isso, é necessário coragem para mergulhar no desconhecido. Mas perceba, sempre foi assim. Esse momento não é nenhuma novidade.


Nossa jornada é repleta de mergulhos no novo. Os primeiros passos, o primeiro amor, o primeiro dia de trabalho… Você atravessou todos esses momentos, por que agora seria diferente?


“O segredo da mudança é não focar toda sua energia em lutar com o passado, mas em construir o novo” – Sócrates.


Vai ficar tudo bem e, vamos criar juntos um futuro ainda melhor.

Boa jornada!


Fonte:

https://exame.com/carreira/cultura-da-impermanencia-os-preparos-e-cuidados-para-sua-carreira/

4 visualizações0 comentário